now playing:

feelings change, but memories don't.

Eu não queria ser fraca, porque esse meu lado tu já o conheces bem demais, mas o meu coração sente uma necessidade louca de te escrever. Sempre sentiu. Oh, se tu soubesses a quantidade de cartas, aqui guardadas em casa que para ti foram escritas, mas ao destinatário nunca chegaram. Sempre foste o meu refúgio. Mesmo quando deixaste de me ouvir, e me viraste as costas, eu continuei a imaginar-te ao meu lado, continuei a imaginar que o teu sorriso se espelhava nos meus olhos. Acho que nunca tiveste noção do quanto eu gostei de ti. E ainda bem. Irias assustar-te com a dimensão desse sentimento. Gostava que, nem que fosse por (só) cinco minutos, tu me ouvisses de novo. Gostava que pronunciasses o meu nome de novo desse jeito tão suave que só tu sabes. Fazes-me falta. Sabes que fazes. Eu sei que agora és feliz, e meu querido, eu também sou, mas fazes-me falta. Vais sempre fazer. Porque o meu coração, não sabe, nem quer apagar-te. Eu não queria ser fraca, não queria. Mas o meu coração sente uma necessidade louca de te escrever ... Tenho tantas saudades tuas.


2 comentários:

ac disse...

difícil mas não impossível ...sê forte <3

cláudiagomes. disse...

oh, lindo, lindo :))