now playing:

this heartache is killing me.

Não sei o que se passa comigo, nem sei o que me aconteceu. Não sei porque me fui abaixo agora, nem porque me sinto irremediavelmente nostálgica. Não sei porque depois de tanto tempo voltei a sentir loucamente a tua falta. Morro de saudades tuas. Sinto-me como se tivesse caído num buraco bem fundo. E estou demasiado fraca para sair daqui sozinha. O mundo parece estar tão longe. E a realidade aí em cima, não me agrada. Talvez fique aqui. Talvez aqui seja mais fácil viver. As forças foram-se, e eu sei que tu não me vens tirar daqui. Mas, não faz mal, vou ficar aqui. Aqui, onde ninguém consegue ver o quão magoada eu estou. 
Vou perdendo, a pouco e pouco, a crença no amor. Sinto-me vazia. Porque é isso que amor nos faz, deixa-nos vazios. Quero mudar isto, mas sinto-me tão, tão impotente. Morro de saudades tuas. 



18 comentários:

c. disse...

tens de ser forte, isso vai melhorar..

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

espero que tudo melhore, que tudo se torne mais fácil.

c. disse...

vais ver que sim, as coisas más também não duram para sempre. <3

Mariana disse...

o amor só nos deixa vazios porque damos tudo de nós, e por vezes tudo consegue ser demasiado*

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

a sério? é muito bom saber disso (:
estás melhor, querida?

c. disse...

parece, mas não dura princesa. vais ver. :)

Beatriz Mateus disse...

oh, tão profundo. sigo :)

Mariana disse...

mas não duvides que há as vezes em que dar tudo nunca é demasiado@

c. disse...

não precisas de agradecer. :) sempre que quiseres/precisares. :)

Mariana disse...

se depende ...

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

não tens nada para agradecer querida (:

Beatriz Mateus disse...

A sério? Vais passar as férias a estudar? Ui. Good luck!

c. disse...

estás melhor? <3

c. disse...

a vida é mesmo assim querida. cheia de altos e baixos. e a verdade é que de cada vez que vamos ao fundo temos de aprender a voltar à superfície, o que irá fazer com que fiques uma pessoa ainda mais forte. :)

Beatriz Mateus disse...

Então desejo-te muita sorte :)

clair disse...

As saudades são sempre horríveis

Susan disse...

gostei *

c. disse...

os últimos dias têm sido um pouco difíceis, mas tudo passa. :)